Resenhas de Mistério: “Nona Casa” de Leigh Bardugo


Imagem: Amazon.com.br


Para a resenha de mistério dessa vez, saímos um pouco do gênero de mistério policial e vamos para a fantasia, mas, calma, que o mistério continua presente, é claro. A autora, Leigh Bardugo, é conhecida pela trilogia "Grisha" (sendo o primeiro livro intitulado “Sombra e Ossos”) e a duologia "Six of Crows" no mesmo universo, todos publicados pela editora Gutenberg no Brasil, e que inclusive vai virar série na Netflix em breve.


Mas se os livros que a levaram ao sucesso são voltados ao público jovem, o mesmo não pode ser dito sobre "Nona Casa" (Ninth House, no original). Enfatizando essa diferença, aqui no Brasil o livro foi publicado por uma editora diferente das séries, a Editora Planeta.


A única coisa que todos seus livros têm em comum é a fantasia, mas faço a distinção deles aqui para deixar claro para quem leu seus outros livros para não esperar algo parecido de Nona Casa. Nesse livro, temos em mão um mistério de fantasia urbana voltado para adultos.


O enredo acompanha Galaxy “Alex” Stern, depois de uma vida conturbada e um evento traumático no ano anterior, ela recebeu uma proposta irrecusável de estudar em Yale e tem a chance de se reinventar. O único problema é que essa proposta envolve que ela supervisione a magia com que as sociedades secretas de Yale costumam se envolver. Para piorar sua situação, o aluno mais velho que deveria ensiná-la como tudo funciona desaparece misteriosamente alguns meses depois de sua chegada.


O livro é contado sob dois pontos de vista, o de Alex no presente e o de Darlington, o supervisor de Alex, alguns meses antes, contando tudo o que levou ao seu desaparecimento, com a parte da Alex sendo predominante. Somos apresentados a um universo igual ao nosso, com a única diferença sendo que Yale possui várias (ou melhor, oito) sociedades secretas, todas lidando com algum tipo de magia e influenciando diversas questões importantes da política e economia americana.


O livro leva um tempo expondo como tudo funciona e qual o impacto essas sociedades têm sobre o mundo, mas ele conquista quando mergulha no sobrenatural. A vida de Alex é extremamente impactada pela sua relação com o sobrenatural e o livro chega a ser brutal ao examinar como a magia pode ser usada para o mal.


O mistério aqui não é só o do desaparecimento de Darlington, apesar de ser o primeira mistério a chamar atenção do leitor, mas também o que aconteceu com Alex antes de ela vir para Yale e, surpreendentemente, ainda aparecem mais mistérios no meio que não vou falar porque estragaria a surpresa. Mas tudo é desvendado de maneira brilhante, com Alex realmente indo atrás das pistas e tentando entender o que está acontecendo.


Além do aspecto do mistério, ainda temos uma representação sobre diversos aspectos da misoginia. O livro lida com temas como estupro diversas vezes e deixa bem claro como ser mulher impacta na vida de Alex também, tornando uma leitura pesada mas com reflexões importantes de serem feitas.


Eu definitivamente recomendo o livro, mas já aviso: é o primeiro de uma série, então pelo menos algumas questões ficam pendentes.


Nota: 4,8 / 5,0


Quer encontrar mistérios tão espetaculares quanto na vida real? Dê uma olhada nos nossos jogos. Garantimos histórias mirabolantes, com reviravoltas e personagens incríveis.

Posts recentes

Ver tudo

© 2019. Criado por Clube de Detetives.