Mistério e Fantasia: Conheça a trilogia Castelo Animado

Os livros do Castelo Animado exploram mistério e fantasia do melhor jeito possível.


Quem conhece nosso blog sabe que adoramos encontrar mistério em todos os cantos, afinal é um gênero versátil que pode ser encontrado das maneiras mais variadas. Por isso, ao ler a trilogia de livros Castelo Animado, nosso radar ascendeu!


Quem reconheceu o nome e achou que era um filme de animação, não está errado(a)! O Studio Ghibli de animação fez uma adaptação japonesa do primeiro livro da série, O Castelo Animado, que fez grande sucesso pelo mundo (e é uma ótima adaptação).


Destrinchamos a trilogia, então, para apresentar a você como a mistura fantasia e mistério pode ser feita. Cada um dos livros, apesar de fazerem parte de uma série, tem protagonistas próprios, mas com personagens recorrentes.



O Castelo Animado

O primeiro livro, cujo nome é o mesmo da série, nos apresenta a Sophie Hatter, uma jovem de 18 anos e irmã mais velha de três que acredita ter um futuro predestinado e sem graça: cuidar da chapelaria da família. No entanto, quando Sophie encontra uma bruxa que a transforma em uma senhora de 90 anos é que sua aventura começa.


Quebrando paradigmas com uma maldição dessas, o livro leva você em uma jornada de aventura, sim, mas também de mistério, em que Sophie precisa descobrir o porquê de ter sido amaldiçoada.


Além disso, Sophie se vê dentro de um mundo de magia quando se hospeda no Castelo Animado do Mago Howl e conhece o demônio de fogo Calcifer e o aprendiz de feiticeiro Michael. Dentro desse mundo, existem outros mistérios a serem desvendados como como desfazer a maldição feita pela Bruxa das Terras Desoladas e onde estão os desaparecidos Príncipe Justin e Mago Sullivan.


No meio de reviravoltas, o livro foi escrito com maestria por Diana Wynne Jones e une uma jornada de autoconhecimento inovadora e refrescante, apesar de ser um livro dos anos 80. O final é daqueles que encaixa as peças perfeitamente e ainda nos dá o que pensar sobre como vemos nossas próprias vidas, além dos personagens serem apaixonantes. E é aí que entra os dois outros livros!


O Castelo no Ar

Aqui o protagonista é Abdullah, um jovem mercador de tapetes que se depara com um tapete mágico, gênios e gatos que viram panteras. Apesar de parecer um Aladdin disfarçado no começo, o livro vai ganhando forma e mostrando o dom da autora em criar um mundo cheio de magia.


O mistério? Bom, para salvar sua amada Flor da Noite de um rapto, ele se aventura para descobrir porque a sequestram. Como sempre, a autora consegue esconder bem de baixo do nosso nariz diversos segredos e ainda nos surpreende ao retornar com os personagens do livro anterior.







A Casa dos Muitos Caminhos

Dessa vez, acompanhamos a história de Charmain Baker, uma jovem que fica responsável por cuidar da casa de seu tio-avô mago enquanto ele passa por uma cirurgia. A casa, como o título do livro diz, é mágica e cada porta abre para um universo de lugares diferentes.


Para uma jovem como Charmain, que nunca fez nada sozinha ou aprendeu mágica, é um desafio cuidar disso tudo sozinha. No entanto, o verdadeiro mistério aparece quando o rei pede sua ajuda para descobrir quem anda roubando o ouro da corte e assim salvar seu reino. É nessa jornada que Charmain encontra Sophie, Howl e Calcifer, além de outras participações, de novo de maneira inusitada com um final cheio de reviravoltas!




Como pode ver, cada livro tem seu brilho e, claro, ler o primeiro deles faz a experiência dos outros ainda mais satisfatória, mas não é obrigatória. Cada um tem níveis de mistério diferentes e engloba magia na solução deles de maneira divertida e significativa.


Se quiser saber mais sobre o mundo do mistério e dos jogos, acompanhe nosso Instagram para receber atualizações do blog!


Posts recentes

Ver tudo